Tuesday, December 05, 2006

A moeda nacional (escudo)

No reinado de D. Duarte apareceu o meio-escudo de ouro, do qual nem o desenho se conhece. No reinado de D. João V cunharam-se também as dobras, múltiplos do escudo. Também nos reinados de D. José I, D. Maria I e D. João VI se cunharam escudos. O escudo era dividido em 100 partes chamados os centavos. Depois de 1914, por virtude da crise provocada pela Primeira Guerra Mundial, o escudo em papel (nota) experimentou uma descida rápida de valor, atingindo a sua menor correspondência em ouro, em Julho de 1924. Desde o segundo semestre de 1926 até Abril de 1928, o escudo sofre nova desvalorização, em consequência de dois aumentos de circulação, do agravamento da dívida flutuante interna e externa e do quase esgotamento das reservas de ouro que o Tesouro Nacional possuía em Londres.



O Escudo português, cujo símbolo é o cifrão ($) foi a última moeda de Portugal antes do Euro. O escudo deu origem a outras variações de Escudo nas dependências africanas.

A designação provém da própria figuração nelas representada: um escudo. Eram de ouro baixo, 18 quilates e valiam 50 marcos.

O escudo português foi substituído pelo euro no início de 2002. A taxa de conversão entre escudos e euros foi estabelecida em 31-12-1998, tendo o valor de 1 euro sido fixado em 200,482 escudos.

5 Comments:

Anonymous Anonymous said...

muito bonito..sim sim! : D

8:32 AM

 
Anonymous Anonymous said...

é verdade

1:32 PM

 
Anonymous Anonymous said...

realmente serve para agora que estou a estudar

1:32 PM

 
Anonymous Anonymous said...

É muito útil, o vosso blog. Não liguem aos comentários asneirentos, a sériO! cONHEÇO IMENSAS PESSOAS QUE CONHECEM O VOSSO BLOG e o utilizam para os estudos... Parabéns!

5:26 AM

 
Anonymous Anonymous said...

Po caralho o filha da puta os comentarios asneirentos e q valem alguma merda agora tas ai a mentir aos paneleiros dos putos para que???

6:04 AM

 

Post a Comment

<< Home